Histórico

Curiosidade é o que move os adolescentes a realizarem descobertas. Pensando nisso e no fato de que o jovem pode não se sentir totalmente seguro para conversar alguns assuntos específicos com seus pais ou parentes nos motivamos a fazer esse blog.

Puberdade, 1ª vez, sexualidade, esses são alguns temas que geram muitas dúvidas entre os adolescentes. Além desses, tentaremos esclarecer também outros temas relacionados ao comportamento do jovem nos dias atuais. Aqui você também poderá entender o motivo das atitudes que os adultos julgam como inconseqüentes e impensadas.

Teremos relatos de pais, educadores e até dos próprios jovens sobre experiências vividas .

Desse modo, trazemos aos jovens mais informações que possam ajudá-los a se proteger e se entender nessa fase da vida onde ocorrem tantas modificações com o corpo e o intelecto.

Então, jovens amigos, aproveitem para esclarecer todas as suas incertezas sobre o respectivo assunto.


#Curiosidades#

domingo, 22 de junho de 2008


Guia do Beijo Bom

Há beijos fingidos ou frios, ardentes, por obrigação ou super desejados. Existem os aderentes, provocantes, sonoros, secos e molhados. Existem, enfim, milhares de formas de beijar e neste assunto sempre haverá o que aprender.

Os beijos são a primeira estratégia de sedução. Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico. Por isso é super importante que você saiba dar beijos adequados para cada momento e, também, saiba bem como beijar.

- 15 coisas para NÃO fazer ao beijar

1. Não se apresse: deixe que o momento chegue. Quando um beijo não tem espontaneidade, pode ser que os dois fiquem pouco à vontade e o resultado seja um desastre.

2. Analise a outra pessoa: não comece a mexer a boca loucamente nos primeiros segundos. Faça movimentos suaves enquanto você descobre o estilo da outra pessoa.

3. Não force: os beijos nem sempre são apaixonados. Comece com calma e cuidado, para não assustar quem está te beijando.

4. Cuidado nas explorações: se a sua língua se move muito rápido, nem você e nem a outra pessoa vão desfrutar do beijo.

5. Controle a saliva: beijo molhado demais é péssimo. Controle direito o beijo e saiba a hora de parar um pouco... afinal, ninguém quer morrer afogado ao beijar!

6. Não se faça de morto: não deixe que a outra pessoa faça tudo também. É excelente ter iniciativa, claro que com bastante atenção aos desejos da outra pessoa.

7. Nada de beijos depois de comer: se for o caso, tenha sempre chicletes no bolso, pois não é nada agradável dar beijos com sabor de carne ou, pior, de cebola.

8. Deixe a cabeça quieta: não fique se mexendo demais. Você pode acabar "enjoando" ou acabar dando um baita golpe nos dentes da outra pessoa.

9. Nada de desânimo!: se os primeiros beijos não são muito bons, com a prática você vai melhorar.

10. Feche a boca!: não abra muito a boca. Os lábios dos dois devem estar juntos para não dar a sensação de se estar devorando a boca da outra pessoa.

11. Não ao aspirador!: os beijos estilo "aspirador de pó" são bastante desagradáveis e podem chegar a doer. Cuidado...

12. Atenção aos seus lábios: eles devem estar sempre úmidos e sem rachaduras... quanto mais suaves estiverem, melhores serão os beijos.

13. Meninas, nada de batons cremosos: a maioria dos homens detesta ficar com "cremes estranhos" na boca... e, pior ainda, marcas de batom.

14. Olha o bom senso!: nada de beijos super apaixonados em locais públicos... é de mal gosto.

15. Não mostre a língua: no começo do beijo, não coloque a língua pra fora da boca antes que os lábios tenham se tocado. A não ser que você queira deixá-la à mostra, pra todo mundo ver...

- 15 coisas para FAZER ao beijar

1. Suavidade, sempre: mova seus lábios suavemente. É a melhor forma de quebrar o gelo.


2. Suavidade, de novo: trate de seguir o ritmo da outra pessoa se é suave, ou impor o seu, se não está confortável, mas evite afobação.

3. Não à mesmice: mude os movimentos da boca e da língua para descobrir sensações novas.

4. Boca limpa: escove sempre muito bem os dentes. Nada pior do que dentes sujos ou com tártaro.

5. O ambiente também importa: se você estiver planejando o primeiro beijo com aquela pessoa especial, escolha um momento romântico e um lugar legal. Os beijos sempre ficam melhores quando o resto ajuda.

6. Mantenha a expectativa: se beijar é bom, manter o interesse da outra pessoa é ainda melhor. Não fique beijando o tempo inteiro... saiba a hora de parar um pouco, conversar e dar um tempinho antes de começar de novo.

7. Diminua o ritmo na hora certa: antes de parar o beijo, dê uma esfriada nele. Não é muito legal deixar a outra pessoa na vontade...

8. Perfume, sim: um cheirinho agradável no pescoço sempre é legal. Mas cuidado para não exagerar...

9. Abrace e acaricie: ao beijar alguém, você não tem que parar de fazer tudo. Use as mãos para fazer carícias e abraçar a outra pessoa. Cafunés são fundamentais...

10. Relaxe!: a melhor forma de dar um bom beijo é desfrutá-lo e o sentir. Ou seja, não adianta ficar tremendo na hora H.

11. Escolha bem a pessoa: beijar por beijar nem sempre é legal. Escolha bem a pessoa, a ocasião... Escolhas erradas sempre dão resultados ruins.

12. Use os dentes: umas mordidinhas nos lábios são bastante excitantes para a maioria das pessoas. Vá com calma, mas não deixe de experimentar.

13. Feche os olhos: assim você poderá se concentrar no que está fazendo. Fora que é muito desagradável beijar alguém que está sempre de olhos abertos... parece que está procurando outra pessoa mais interessante para beijar, não?

14. Sorria depois: mostre à outra pessoa que você gostou do beijo. Se você ficar com uma atitude séria, vai parecer que o beijo foi horrível.

15. Dê um selinho ao parar: quase todo mundo gosta. Depois de dar aquele beijo de parar o trânsito, ao terminar, volte e dê só um selinho. Isso deixa a outra pessoa com vontade de beijar mais...

- Tipos de beijos

* O Doce

Como é?
Este tipo de beijo se usa para descongelar uma pessoa que pareça ser feita de gelo. A suavidade dos lábios e a ternura dos movimentos são a estratégia principal. Carícias na face e na nuca também são extremamente importantes, porque conseguem derreter qualquer pessoa.

O que significa?
Você tem que querer romper com calma a frieza da outra pessoa, porque está claro que se ela não quisesse ser beijada sairia correndo. Mas como você quer ser importante para quem está beijando, deve, depois do beijo, deixá-lo totalmente derretido.

* O Derretedor

Como é?
Imagine um beijo suave, parecendo uma mordida lenta com os lábios. As mãos acariciam a nuca e depois a língua vai dar uma volta na área atrás das orelhas. Quando bem utilizada, esta tática consegue animar qualquer pessoa, porque a sensibilidade das orelhas é altíssima em todas as pessoas. Mas cuidado com quem e quando você vai usar este beijo, porque é necessário um clima de romantismo para poder fazer efeito.

O que significa?
Não é um beijo simples, mas vai um pouco além na escala da sedução em relação ao beijo doce. É uma proposta para explorar sensações agradáveis em lugares que não sejam só a boca. É adequado para momentos cheios de magia, quando as duas pessoas já estejam "nas nuvens". É melhor que você preste atenção a qualquer sinal que a outra pessoa possa emitir, porque se ela não está gostando é melhor parar antes que você passe do limite.

* O apaixonado

Como é?
Estes beijos são adequados única e exclusivamente para momentos super apaixonados. Imagine duas duas pessoas que se adoram e não se encontram há tempos. Elas começam dando pequenos selinhos carinhosos e depois começam a esquentar o clima. Começam com um beijo de língua simples e vão aos poucos entrando em sintonia, transformando um beijo que seria considerado derretedor em uma ocasião super excitante. Às vezes, pode até ser os momentos iniciais para outra coisa... E, claro, eles não duram menos que 15 minutos... Muitas vezes, podem terminar só depois de várias horas.

O que significa?
Por causa das sensações que estes beijos produzem, é claro que eles podem ser apenas o princípio para outras carícias e, talvez, até mais coisa. Por isso, é muito importante que você tenha em mente que o lugar e o momento devem ser adequados e, além disso, esteja ciente que não é apenas a sua língua que deve se mexer. Carinhos em outras partes do corpo são essenciais.

1 Comment:

Nicky said...

estão de parabéns pela iniciativa!
adorei o blog

depois olhem meu post mais recente, por acaso eu fiz uma descrição de um beijo lá!
heheheh